Mobile Menu
Categorias

SUSO SAIZ (ES) & ANDRÉ GONÇALVES (PT)

Som | Residência & Concerto
SUSO SAIZ (ES) & ANDRÉ GONÇALVES (PT)

Local
Parque Aquilino Ribeiro
Horário
10 de julho - 20h30

“Música para caminhos que começam”

Os dois artistas têm como desafio unirem-se durante uma semana com os instrumentos, que lhes são mais familiares, com o intuito de criarem um conjunto de temas para apresentação final. Estes dois músicos são de gerações diferentes, mas com predileções e estéticas musicais partilhadas, que tentarão encontrar um caminho comum.

Suso Saiz é um guitarrista imaginativo e subtil, um criador de inconfundíveis “hipnóticos”.  O artista vai muito mais além da música e do som, expandindo-se até ao teatro, artes plásticas, poesia, instalações em colaborações com museus, chefes de cozinha, chefes de museus, estúdios de arquitetura, entre outros. Suso vai desde a música, televisão, até aos filmes, o que lhe permite ter um vasto espectro de valências.

Publicou mais de 20 discos: os mais recentes são Odisea (2016), Rainworks (2017), Nothing Is Objective (2019) e Between No Things (2020) com Suzanne Kraf, tendo todos estes discos selo holandês Music From Memory. Suso Saiz foi, ainda, membro fundador da Orquestra de las Nubes, Suspended Memories e Trash of Dreams.  O músico produziu mais de 100 discos e recebeu prémios tanto nacionais como internacionais. Tem colaborações com artistas como Jorge Reyes, Carles Santos, Steve Roach, Michael Brook, Diego Vasallo, Glen Velez, Stephan Micus, Jan Bang, Arve Henriksen, Guo Yue, Robert Rich, Hans-Joachim Roedelius, Wagner Tiso, Salif Keita, Roger Wolfe, Gigi Masin, Suzanne Kraft, Christian Fennesz, Francisco López, entre outros.

 

André Gonçalves (PT) opera em diversas áreas artísticas, nomeadamente nas artes plásticas, música, instalação e performance, sendo reconhecido pelo seu trabalho enquanto criador da marca de sintetizadores modulares ADDAC System.

André Gonçalves conta com inúmeras exposições e festivais em mais de 20 países, um pouco por todo o mundo. Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian em 2005 e 2009, distinguido com uma Menção Honrosa no FILE Prix Lux 2010, São Paulo, e finalista do Celeste Prize 2010, Nova Iorque, o seu trabalho musical, a solo ou em coletivos, está documentado em mais de 15 edições em diversas editoras nacionais e internacionais.

Projeto dos Jardins Efémeros, em parceria com o Teatro Viriato.

 

+Info:

Suso Saiz

https://music-from-memory.bandcamp.com/album/between-no-things

https://www.instagram.com/suso_saiz

https://www.facebook.com/susosaiz/

André Gonçalves

http://andregoncalves.info/

http://addacsystem.com

https://andregoncalves.bandcamp.com/

https://vimeo.com/user1369056

https://www.instagram.com/andregoncalves_pt/