Mobile Menu
Categorias

FONTELO & NUNO VEIGA (PT)

SOM | Espetáculo Híbrido
FONTELO & NUNO VEIGA (PT)

Local
Parque Aquilino Ribeiro
Horário
04 de julho - 21h30

Fontelo é um projeto sónico-ritual performativo criado por Nuno Veiga em 2018, tendo feito várias apresentações ao vivo no Reino Unido, Portugal e Itália, sempre em colaboração com vários artistas sonoros e com uma forte componente de improvisação. Nesta performance para os Jardins Efémeros, Fontelo, vai ser interpretado por Lia Vohlgemuth e o som ao cargo de Nuno Veiga.

BIO |

Nuno Veiga é artista multidisciplinar e professor de ensino artístico. Licenciado em Estudos Teatrais pela Universidade de Évora. Em Portugal, trabalhou como ator com encenadores como Luís Castro, Ricardo Pais, Nuno Carinhas e Jorge Fraga. Em 2010, ruma a Londres onde vê exponenciar o caráter multidisciplinar do seu trabalho colaborando com diversas companhias e instituições, das quais evidencia Rambert Dance Company, University College London, London College of Fashion, Young Vic, Royal Academy of Dramatic Art, Soho Theatre, Knot Theory, Hide Tide, Theatre Absolute e Battersea Arts Centre. Lecionou em múltiplos estabelecimentos de ensino em Portugal e Inglaterra e dirigiu projetos artísticos com grupos de contextos diferenciados, nomeadamente com adultos com dificuldades na aprendizagem. Na última década tem desenvolvido trabalho como artista sonoro na área do teatro, dança, cinema e instalações com vários encenadores e coreógrafos, entre os quais destaca José Neves, Américo Rodrigues,Yola Pinto, Amélia Bentes, Paulo Filipe Monteiro, Silvia Pinto Ferreira, Romulus Neagu, Miguel Altunaga Verdecia, Jordan Bridge, Luca Bracia, Zjana Muraro, Darren Ellis, Susan Kempster, Anastasia Papaeleftheriadou e Robert MacNeill entre outros. Em 2015 e 2016, trabalhou como Sound Designer e consultor para o “Edinburgh International Festival”. Como improvisador sonoro, tocou em dezenas de concertos e envolveu-se em vários projetos, tendo trabalhos discográficos editados em Portugal, Reino Unido, Itália e Alemanha. Desenvolve também trabalho como videasta, tendo os seus trabalhos sido apresentados em diversos festivais internacionais. É Artista Associado do Teatro Viriato

Lia Vohlgemuth é formada em música pelo Conservatório de Torres Vedras e licenciada pela Escola Superior de dança de Lisboa. Teve como professores Barbara Griggi, Amélia Bentes, Francisco Pedro, Sylvia Rijmer, Carla Ribeiro, entre outros. Integrou projetos curriculares apresentados no Castelo de São Jorge e na Culturgest. Iniciou a sua vida profissional num projeto de dança inclusiva em parceria com a Fundação Liga, coreografando com Nuno Santos a peça oito. Realizou vários workshops com Lisi Estaras, Rui Lopes Graça, Ido Batash, André Mesquita, Quan Bui Ngoc, Marcelo Evelin, Nélia Pinheiro, Daniel Cardoso, Donald Byrd, Helder Seabra, Laura Assis, Roberto Olivan, Romeu Runa, Hugo Marmelada. Esteve em residência artística na Companhia Nacional de Bailado, Olga Roriz, Espaço do Tempo, Super-cinema de Vera Stasi (Toscana), CAL, EIRA, trabalhando como artista independente com criadores independentes. Trabalha desde “sempre” com a Andante Associação Artística, dando voz e corpo em certas criações. Apresentou espetáculos com André de Campos, Espaço Neutro, Daniel Matos, Andante Associação Artística, Amélia Bentes, Sofia Santos Silva. Com o apoio da LER+ e Câmara Municipal de Alcochete coreografou o espetáculo ClubeMed da Andante. Ultimamente, tem atuado com a recém-criada companhia de dança CAMA ao mesmo tempo que faz espetáculos para bebés em creches e teatro com o Teatro do Biombo. Participou na criação de um áudio- livro junto com a editora BOCA e a Andante Associação Artística.