Mobile Menu
Categorias

Estas Ruas Têm Voz II

Oficinas Gerais | Som | Instalação
Estas Ruas Têm Voz II

Luís Antero
Local
Rua Cândido dos Reis
Horário
03 e 04 de julho às 10h00, 11h00, 12h00, 16h00, 17h00 e 18h00 | 10 de julho às 16h00, 17h00 e 18h00
Sessões
18
Duração
30'
Público-Alvo
M/16
Nº de Participantes
5

6 anos depois voltamos às ruas do Arco e do Arrabalde, ao Largo da Feira e à zona envolvente do rio Pavia para escutarmos a sua voz, partindo dos sons do presente, das dinâmicas sonoras do quotidiano, do movimento perpétuo dos sons, através da prática de gravações sonoras de campo (field recordings), procurando espelhar criativa e artisticamente as identidades sociais desta zona da cidade de Viseu. O que se alterou acusticamente? Quais as alterações sociais que esta zona sofreu desde 2014? Estas são as questões que servem de base a este concerto/instalação sonora produzida em tempo real para 5 pessoas interligadas (a partir de auscultadores que se interligam entre si).

 

BIO |

Paisagista, documentarista e arquivista sonoro. Desenvolve desde 2008 um trabalho de recolha e documentação do património acústico de várias zonas do território nacional, com base em gravações sonoras de campo e que pode ser acompanhado através dos sites www.luisantero.yolasite.com e www.luisantero.bandcamp.com

 

É curador de uma editora online — Green Field Recordings — e radialista.

É diretor artístico do Arquivo Sonoro do Centro Histórico de Coimbra, artista convidado e um dos responsáveis pelas gravações do projeto Sons do Arco Ribeirinho Sul, na cidade do Barreiro, marcando presença ativa em eventos sonoros como o Dar a Ouvir — Paisagens Sonoras da Cidade, em Coimbra; Jardins Efémeros, em Viseu, Festival Aural, em Águeda, ou Lisboa Soa.É licenciado em Estudos Artísticos e pós-graduado em Património Cultural Tradicional e Popular Português.