Mobile Menu

Onde Ficar

PARA LÁ DA URBE
Roads to Nowhere

Percursos alternativos e desconhecidos na região de Viseu, por Gil Rodrigues

 


A 20 km de Viseu

“Pedra da Cobra”, Lufinha

Num passeio ao fim da tarde, na estrada de Viseu- São Pedro do Sul, cortar à direita para Lufinha e pouco antes de chegar aldeia, a pé, à direita entrar na mata, é quando as sombras do pôr do sol rasam a “Pedra da Cobra” e quando se desenha em relevo os petróglifos em espiral e labirinto na pedra de granito.

 

 

 


A 30 minutos de Viseu

Aldeia de Abrunhosa, Satão

Ao chegar, não hesite em entrar na capela de Nossa Senhora da Esperança, construída no sec. XVIII e deixe-se surpreender pela transição da simplicidade arquitetónica exterior para a exuberância do seu interior: aqui conjugam-se múltiplas linguagens artísticas, a talha dourada e policromada, as esculturas em madeira, a pintura, a pintura em perspetiva, os belíssimos murais de azulejos barrocos do corpo e da capela-mor que retratam cenas da vida profana assinados por Theotonio dos Santos, um dos mestres conceituado da época ( por volta de 1730), e o ainda o órgão, uma das joias nacionais.

visitas todas as sextas-feiras, sábados e domingos, das 10h00 às 12h00 e das 13h30 às 18h00, ou por marcação através no telefone +351 232 980 000.

 

 

 


A 10km de Viseu

Corvos-à-Nogueira, Trilha/Rota dos Corvos, passeio a pé, 6/7 km

Embrenhar-se numa mata onde predominam os carvalhos e descobrir os baixos saltos do Rio Sátão. Recobrar forças na pequena praia fluvial da aldeia e retomar o caminho passando pela casa senhorial em ruínas, a Casa do Cerrado de Viseu, que sustenta ainda o seu imponente brasão, depois subir a estrada e finalmente entre os altos pinheiros descer a caminho romano.

 

 

 


A 12 km de Viseu

Rota da Ribeira de Várzea, Calde, 9 km

Pode começar o percurso junto da Capela São João Francisco, na Aldeia de Várzea. visitar antes ou depois da caminhada o museu do Linho. A caminhada é fácil e aprazível depois de saltar as 86 poldras e voltar, o passeio faz sempre junto ao ribeiro, o cenário é idílico, os moinhos vão surgindo junto de pequenas cascatas. Ao chegar à estrada pode continuar o trilho e ir até à barragem de Calde virando à direito ou voltar para a aldeia pelo lado esquerdo.