MENU

XADREZ NO JARDIM

Casa do Sonho | Jogos de tabuleiro
João Ferrari (Clube de Xadrez UGT Viseu)
detalhe-jardim
Local
Pátio do DRM, Rua Direita
Horário

Grupos escolares
10 de Julho às 10h00
11 de Julho às 14h30
12 de Julho às 10h00
14 de Julho às 10h00

Público geral
8 de Julho às 17h00
Sessões
5
Duração
90'
Número de Participantes
100
Público-Alvo
M/3 (Grupos escolares e público geral)

O jogo de Xadrez desenvolve múltiplas capacidades como a concentração, a memória, a atenção, a capacidade de análise, o pensamento lógico-dedutivo, a auto-estima, a criatividade, o poder de decisão, a socialização e a coordenação motora.

É com estas premissas que o Clube de Xadrez UGT Viseu joga xadrez no Jardins Efémeros com «Lances Paradoxais», no sentido de sensibilizar as pessoas que, além do carácter lúdico, o xadrez potencia as capacidades das crianças, adolescentes e adultos, fornecendo-lhes importantes ferramentas para as suas vidas académicas, profissionais e pessoais. Através de jogos em tabuleiros gigantes e em murais de xadrez, da visualização de filmes, da pintura de peças e da exposição de livros e tabuleiros de colecção, serão dadas a conhecer as bases do jogo, assim como os benefícios desta actividade.

***

Clube de Xadrez UGT Viseu

Ainda não passaram quatro anos desde que Nuno Azevedo, João Ferrari, Manuel Martins, António Campos, José Abrantes e Agostinho Santos se sentaram à volta de uma mesa com o intuito de fundar um projecto de xadrez que fosse o herdeiro das tradições de todos os clubes que a cidade de Viseu viu nascer.

O Clube de Xadrez UGT Viseu, acolhido pela União dos Sindicatos dos Trabalhadores de Viseu, iniciou actividades regulares na época de 2014/2015, com treinos abertos e aulas. Filiado na Federação Portuguesa de Xadrez, inscreveu já uma equipa no Campeonato Nacional de Xadrez da terceira divisão e na Taça de Portugal.

O Clube tem colaborado com organizações de escolas, de museus e da Câmara Municipal de Viseu, e presta apoio à organização de provas, como o Torneio de Jovens de Mangualde e a Feira do Desporto. Integrou algumas actividades em vários locais emblemáticos da cidade, como o Museu Nacional Grão Vasco, o Museu da Santa Casa da Misericórdia de Viseu, o Clube de Viseu, a Fnac, a Liga dos Combatentes de Viseu, entre outros.

Ainda no início de um processo muito ambicioso, o Clube pretende levar o xadrez a toda a população da cidade de Viseu, desde jovens a adultos e idosos.

 

detalhe-jardim

O jogo de Xadrez desenvolve múltiplas capacidades como a concentração, a memória, a atenção, a capacidade de análise, o pensamento lógico-dedutivo, a auto-estima, a criatividade, o poder de decisão, a socialização e a coordenação motora.

É com estas premissas que o Clube de Xadrez UGT Viseu joga xadrez no Jardins Efémeros com «Lances Paradoxais», no sentido de sensibilizar as pessoas que, além do carácter lúdico, o xadrez potencia as capacidades das crianças, adolescentes e adultos, fornecendo-lhes importantes ferramentas para as suas vidas académicas, profissionais e pessoais. Através de jogos em tabuleiros gigantes e em murais de xadrez, da visualização de filmes, da pintura de peças e da exposição de livros e tabuleiros de colecção, serão dadas a conhecer as bases do jogo, assim como os benefícios desta actividade.

***

Clube de Xadrez UGT Viseu

Ainda não passaram quatro anos desde que Nuno Azevedo, João Ferrari, Manuel Martins, António Campos, José Abrantes e Agostinho Santos se sentaram à volta de uma mesa com o intuito de fundar um projecto de xadrez que fosse o herdeiro das tradições de todos os clubes que a cidade de Viseu viu nascer.

O Clube de Xadrez UGT Viseu, acolhido pela União dos Sindicatos dos Trabalhadores de Viseu, iniciou actividades regulares na época de 2014/2015, com treinos abertos e aulas. Filiado na Federação Portuguesa de Xadrez, inscreveu já uma equipa no Campeonato Nacional de Xadrez da terceira divisão e na Taça de Portugal.

O Clube tem colaborado com organizações de escolas, de museus e da Câmara Municipal de Viseu, e presta apoio à organização de provas, como o Torneio de Jovens de Mangualde e a Feira do Desporto. Integrou algumas actividades em vários locais emblemáticos da cidade, como o Museu Nacional Grão Vasco, o Museu da Santa Casa da Misericórdia de Viseu, o Clube de Viseu, a Fnac, a Liga dos Combatentes de Viseu, entre outros.

Ainda no início de um processo muito ambicioso, o Clube pretende levar o xadrez a toda a população da cidade de Viseu, desde jovens a adultos e idosos.