MENU

SARAH DAVACHI (US)

SOM | Concerto
Sara Davachi promo site2
Horário
7 de Julho
Duração
60'

Nesta especial performance na Catedral de Viseu, a quietude do espaço físico será exibida de uma forma que explora as capacidades únicas do edificado e da arquitectura envolvente. Utilizando complexos sons electrónicos e gravações de campo, a catedral tornar-se-á um ambiente imersivo que flutuará entre texturas sonoras e movimentos imaginados.

Movendo-se livremente entre os mundos da música, da arte e da academia, a canadiana Sarah Davachi, mestre em música electrónica e electroacústica, conta com uma série de residências de alto nível em todo o mundo, enquanto o seu trabalho, incluindo Barons Court de 2015 e Dominions de 2016, foi aclamado pela transformação de gravações de órgãos, cordas, sopro e vários instrumentos antiquados em ambientes de som multicanal.

 

**

 

Sarah Davachi

Nativa de Calgary (Canadá), com diploma em Filosofia, Sarah Davachi divide o tempo entre Vancouver e Montreal com o foco na exploração sonora. Compositora de música electrónica e electroacústica, Davachi é mestre em música electrónica e gravação de media pela prestigiosa Mills College, em Oakland, Califórnia, e completou residências artísticas no Banff Centre for the Arts (Banff, Canadá), STEIM (Amsterdão, Holanda), WORM (Roterdão, Holanda), EMS (Estocolmo, Suécia), OBORO (Montreal, Canadá) e MESS (Melbourne, Austrália). Actualmente é doutoranda em Musicologia na Universidade da Califórnia, Los Angeles.

Particularmente focada no fenómeno e na fisicalidade da psicoacústica, Davachi constrói espaços em evolução e mundos «irreais» de música que vão de drones e harmonias até tons complexos e escalas naturais. Movendo-se livremente entre os mundos da música, da arte e da academia, Davachi conta com uma série de residências de alto nível em todo o mundo, enquanto o seu trabalho, incluindo Barons Court de 2015 e Dominions de 2016, ganhou aclamação ao transformar gravações de órgãos, cordas, sopro e vários instrumentos antiquados em ambientes de som multicanal. O áudio original torna-se muitas vezes estranho através de sintetizadores analógicos e modulares.

 

**

 

Mutek Montreal 2016

 

ÁLBUNS RECENTES

Vergers (Important Records)  Boomkat – Vergers

All My Circles Run (LP e CD com Students of Decay)

 

Para ouvir:
RBMA recording from Mutek Montreal
RBMA recording from Never Apart/Equinox at the Academy with Rrose, DJ Richard

 

 

Sara Davachi promo site2

Nesta especial performance na Catedral de Viseu, a quietude do espaço físico será exibida de uma forma que explora as capacidades únicas do edificado e da arquitectura envolvente. Utilizando complexos sons electrónicos e gravações de campo, a catedral tornar-se-á um ambiente imersivo que flutuará entre texturas sonoras e movimentos imaginados.

Movendo-se livremente entre os mundos da música, da arte e da academia, a canadiana Sarah Davachi, mestre em música electrónica e electroacústica, conta com uma série de residências de alto nível em todo o mundo, enquanto o seu trabalho, incluindo Barons Court de 2015 e Dominions de 2016, foi aclamado pela transformação de gravações de órgãos, cordas, sopro e vários instrumentos antiquados em ambientes de som multicanal.

 

**

 

Sarah Davachi

Nativa de Calgary (Canadá), com diploma em Filosofia, Sarah Davachi divide o tempo entre Vancouver e Montreal com o foco na exploração sonora. Compositora de música electrónica e electroacústica, Davachi é mestre em música electrónica e gravação de media pela prestigiosa Mills College, em Oakland, Califórnia, e completou residências artísticas no Banff Centre for the Arts (Banff, Canadá), STEIM (Amsterdão, Holanda), WORM (Roterdão, Holanda), EMS (Estocolmo, Suécia), OBORO (Montreal, Canadá) e MESS (Melbourne, Austrália). Actualmente é doutoranda em Musicologia na Universidade da Califórnia, Los Angeles.

Particularmente focada no fenómeno e na fisicalidade da psicoacústica, Davachi constrói espaços em evolução e mundos «irreais» de música que vão de drones e harmonias até tons complexos e escalas naturais. Movendo-se livremente entre os mundos da música, da arte e da academia, Davachi conta com uma série de residências de alto nível em todo o mundo, enquanto o seu trabalho, incluindo Barons Court de 2015 e Dominions de 2016, ganhou aclamação ao transformar gravações de órgãos, cordas, sopro e vários instrumentos antiquados em ambientes de som multicanal. O áudio original torna-se muitas vezes estranho através de sintetizadores analógicos e modulares.

 

**

 

Mutek Montreal 2016

 

ÁLBUNS RECENTES

Vergers (Important Records)  Boomkat – Vergers

All My Circles Run (LP e CD com Students of Decay)

 

Para ouvir:
RBMA recording from Mutek Montreal
RBMA recording from Never Apart/Equinox at the Academy with Rrose, DJ Richard