Mobile Menu
Categories

CORPUSCULAR

Teatro | Instalação-performance
CORPUSCULAR
Jorge Fraga
Local
Rua Dr. Luíz Ferreira (Rua do Comércio), 94
Schedule
8, 9 e 10 de Julho às 22h00 e 23h00
Duration
20 min.
Target Audience
M/16

O Corpo como Guardião eterno da(s) memória(s) efémera(s).

Recriação Corpusgráfica do Corpo fragmentado nas memórias que ainda ali permanecem.

Mapear o Corpo como: fronteira, poço, rede, ponte, trampolim, muro, abrigo, chama, tesão, prisão, espelho, ruído, sombra, pele, pó, depósito, veículo, luz, putrefacção, semente, floresta, alimento, reprodução, luz, multiplicação, união cósmica… Encontrar os sentidos da sua vivência, a sua alma, o ser, a sua identidade, nas suas estórias, a sua história, porque na mais ínfima Parte está inscrito o Todo. Cérebro. Pele. Olhos. Nariz. Orelhas. Língua. Coração. Pulmão. Ossos. Coluna. Sexo. Membros. Fígado. Vísceras…

Tornar dizível o Corpo desconhecido. Tornar visível assim o Corpo indizível.

– 

REUNIÃO COM INTÉRPRETES (mediante pré-inscrição via tlf. 96 259 75 08 / 96 259 75 40 )
Data: 25 de Junho
Local: caos Largo de São Teotónio nº 30;
ENSAIOS: (horário a combinar durante a reunião)

Jorge Fraga

Português, pouco suave. 65 anos. Suspenso em três stents, um equilibrista, portanto! Admirador de jardins na sua geometria de sombras, fontes e cheiros. Curioso sobre a resistência, gravidade e resiliência da fauna, e que a procura fixar/a(ni)mar em spatium cénico. Permanentemente, na efemeridade dos idos.