MENU

HOWLROUND (UK)

Som > Concerto
Howlround-KingsPlace
Local
Museu Nacional Grão Vasco (Claustro maior)
Horário
Dia 3 de Julho 23h00
Duração
40’ aprox
Público Alvo
M/6

Uma actuação ao vivo da dupla Howlround é sempre um acontecimento de forte carácter visual, graças à distinta natureza das suas performances, nas quais assombrosas paisagens sonoras são criadas a partir da manipulação de sons acústicos reproduzidos de forma circular em fita magnética com ¼ de polegada, através de antigos gravadores/reprodutores de bobines, onde a adição de qualquer efeito electrónico ou de reverberação é estritamente proibido. A fita é manipulada, esticada e precariamente equilibrada no espaço performativo, enquanto tentam desesperadamente prevenir que esta não encarquilhe, embarace, ou mesmo, parta.

Numa Era em que é possível criar todo tipo de música electrónica com um simples clicar de botão, os Howlround provam não só quanto entusiasmo e diversão existe em voltar a complicar os processos criativos, como controversamente, a relativa facilidade e simplicidade necessária com que se cria um mundo sonoro genuinamente misterioso e encantador, afastando-se do universo assético dos softwares de produção musical. Os Howlround descrevem-nos as suas actuações como: em parte design sonoro, em parte, caótica performance artística, entre a forma cuidada com que recolhem e produzem o som e o aparente caos no qual o apresentam e manipulam.

Em 2012 lançam o altamente aclamado LP “The Ghosts Of Bush”, após o qual a dupla Howlround passa a apresentar-se como um seisteto perfigurando duas pessoas: Robin The Fog e Christopher Weaver, mais quatro das suas máquinas analógicas. Segue-se um segundo LP, de 2013 “Secret Songs Of Savamala”, gravado na sua quase totalidade numa cave inundada sérvia, sendo já comparado às obras do artista performativo Philip Jeck, do compostior Morton Feldman e, até mesmo, às esculturas de Rachel Whiteread. Em 2014 lançam “Torridon Gate”, criado, como os próprios afirmam, através do uso de três máquinas de gravação analógica, um comum portão de um jardim suburbano e pouco mais.

+INFO

Sites Oficiais:

howlround.co.uk
robinthefog.com/howlround

Álbums:

The Ghosts Of Bush (2012)

Secret Songs Of Savamala (2013)

Torridon Gate (2014)

 

Um quarto álbum intitulado “Shockmount” encontra-se actualmente em produção, mas é possível ouvir um pequeno extracto aqui:

https://soundcloud.com/robin-the-fog/mount-shock-music-for-microphone-cradle-extract)

Músicas:

https://soundcloud.com/robin-the-fog/howlround-live-at-cafe-oto-31

https://soundcloud.com/robin-the-fog/howlround-cafe-4m33s-extract-220814

Gravações áudio das performances ao vivo, podem ser escutadas aqui:

https://soundcloud.com/robin-the-fog

Gravações vídeo das performances ao vivo, podem ser visualizados aqui:

https://vimeo.com/75670865

https://vimeo.com/73849405

Howlround-KingsPlace

Uma actuação ao vivo da dupla Howlround é sempre um acontecimento de forte carácter visual, graças à distinta natureza das suas performances, nas quais assombrosas paisagens sonoras são criadas a partir da manipulação de sons acústicos reproduzidos de forma circular em fita magnética com ¼ de polegada, através de antigos gravadores/reprodutores de bobines, onde a adição de qualquer efeito electrónico ou de reverberação é estritamente proibido. A fita é manipulada, esticada e precariamente equilibrada no espaço performativo, enquanto tentam desesperadamente prevenir que esta não encarquilhe, embarace, ou mesmo, parta.

Numa Era em que é possível criar todo tipo de música electrónica com um simples clicar de botão, os Howlround provam não só quanto entusiasmo e diversão existe em voltar a complicar os processos criativos, como controversamente, a relativa facilidade e simplicidade necessária com que se cria um mundo sonoro genuinamente misterioso e encantador, afastando-se do universo assético dos softwares de produção musical. Os Howlround descrevem-nos as suas actuações como: em parte design sonoro, em parte, caótica performance artística, entre a forma cuidada com que recolhem e produzem o som e o aparente caos no qual o apresentam e manipulam.

Em 2012 lançam o altamente aclamado LP “The Ghosts Of Bush”, após o qual a dupla Howlround passa a apresentar-se como um seisteto perfigurando duas pessoas: Robin The Fog e Christopher Weaver, mais quatro das suas máquinas analógicas. Segue-se um segundo LP, de 2013 “Secret Songs Of Savamala”, gravado na sua quase totalidade numa cave inundada sérvia, sendo já comparado às obras do artista performativo Philip Jeck, do compostior Morton Feldman e, até mesmo, às esculturas de Rachel Whiteread. Em 2014 lançam “Torridon Gate”, criado, como os próprios afirmam, através do uso de três máquinas de gravação analógica, um comum portão de um jardim suburbano e pouco mais.

+INFO

Sites Oficiais:

howlround.co.uk
robinthefog.com/howlround

Álbums:

The Ghosts Of Bush (2012)

Secret Songs Of Savamala (2013)

Torridon Gate (2014)

 

Um quarto álbum intitulado “Shockmount” encontra-se actualmente em produção, mas é possível ouvir um pequeno extracto aqui:

https://soundcloud.com/robin-the-fog/mount-shock-music-for-microphone-cradle-extract)

Músicas:

https://soundcloud.com/robin-the-fog/howlround-live-at-cafe-oto-31

https://soundcloud.com/robin-the-fog/howlround-cafe-4m33s-extract-220814

Gravações áudio das performances ao vivo, podem ser escutadas aqui:

https://soundcloud.com/robin-the-fog

Gravações vídeo das performances ao vivo, podem ser visualizados aqui:

https://vimeo.com/75670865

https://vimeo.com/73849405